sábado, 18 de maio de 2013

Sonhos Induzidos

Muitos estão ansiando pelo dia do lançamento do Livronto (principalmente eu, sem dúvida alguma). Não vejo a hora de poder tocar, sentir o cheiro e ler o livro em formato físico... Mas enquanto esse dia não chega, que tal matarmos um pouquinho da curiosidade sobre o que vem por aí? 
Esse conto, que é dividido em capítulos, se chama "Sonhos Induzidos". Espero que gostem! ^_^



 Capítulo 1: Onde eu estou?


      — Não, senhora — disse uma voz de mulher. — A senhora não pode entrar aqui!
     — Mas eu... — tentou se justificar.
     — Tirem essa mulher daqui! — ordenou uma voz grave — Imediatamente!
     E eu apenas ouço. Não sinto nada. Não vejo nada. Apenas ouço.
     Então eu apago.
     Algum tempo mais tarde eu acordo de olhos fechados. Não faço idéia de quanto tempo se passou. Talvez uma hora, ou duas... Talvez oito horas. Ou, quem sabe, já se passaram dias? Assustei-me com o que eu ouvi. Não que as palavras tenham sido assustadoras, não — jamais.
     — ... rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte — disse uma trêmula e rouca voz de mulher, tão próxima que parecia estar ao meu lado. — Amém.
     “Meu Deus...”, pensei assustado ao perceber que havia uma mulher orando debruçada sobre mim, “onde eu estou? No meu leito de morte? No meu velório?”
     Às vezes, é como se minha mente visse alguns vultos, às vezes algumas luzes... Na maioria das vezes, é apenas escuridão. Então eu me perco em pensamentos com pessoas que não conheço. E isso realmente parece tudo, menos com a morte. Acredito que na pior das hipóteses, você morre e desliga. Da mesma forma que não vê e não sente, não ouve... O que não é o meu caso. Eu ouço — e ouvi muito bem o final dessa prece.
     Tento me concentrar para ouvir mais coisas. Percebo que tem algum aparelho emitindo um som agudo, com intervalos constantes, em um ritmo estável, o que não foi nem um pouco agradável quando eu descobri o que era.
     Pelo menos eu não estou morto — apesar de estar na metade do caminho para o outro lado.

CONTINUA


E aí? Gostou? 
Se você quer ver a continuação desta, que é uma das minhas 30 histórias favoritas que compõem o Livronto, acesse www.catarse.me/pt/livronto e faça parte do grupo de pessoas que apoiam este projeto. Você pode apoiar com R$ 25,00 e garantir o seu exemplar. :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário